Sete recursos da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra processos da Lava Jato foram rejeitados nesta terça-feira, 20, pelo Superior Tribunal debrJustiça (STJ). Os recursos pediam a revisão de decisões do STJ que haviam negado anteriormente os pedidos da defesa.

Nos recursos, a defesa de Lula pedia a suspeição de dois desembargadores, um delegado da Polícia Federal e um procurador regional da República que atuam nos processos da Lava Jato contra o ex-presidente.

Os advogados do ex-presidente também questionavam a legalidade das provas apresentadas pela Odebrecht sobre os registros do sistema de pagamento de propina da empreiteira.

Em outro recurso, era pedido acesso aos diálogos entre procuradores e o ex-juiz Sergio Moro obtidos de forma ilegal por hackers que foram alvo da Operação Spoofing. A defesa argumenta que os diálogos podem provar a parcialidade na atuação contra Lula do ex-juiz e dos procuradores.

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021