A rede Carrefour foi desligada por tempo indeterminado da Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial, projeto que reúne 73 organizações signatárias, como Coca-Cola e Microsoft, após o assassinato de João Alberto Silveira Freitas em uma loja da varejista em Porto Alegre (RS).

Em nota divulgada em seu portal, a Iniciativa expressou "profunda repulsa" pelo crime cometido contra o homem negro de 40 anos, "repudiando com todas as forças" o ocorrido. "É criminoso um ambiente empresarial em que um cidadão entre para fazer uma compra e saia morto. E é conivente todos aqueles que se omitiram e não tomaram as medidas para que essa morte fosse evitada. Inclusive os que se calam", disse a nota da Iniciativa.

O Carrefour afirmou que está em contato com a Iniciativa e que pretende continuar aprendendo e colaborando com as demais empresas signatárias do pacto. "Estamos em contato para estabelecer um diálogo, reforçar nosso compromisso com a pauta antirracista, apresentando as iniciativas de diversidade e inclusão que realizamos e traçar um plano com ações afirmativas que contribuam para que situações como estas não voltem a acontecer", disse a empresa, em nota.

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021