O secretário da Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, anunciou nesta segunda-feira (23) a troca da Organização Social gestora do Hospital Regional de Juazeiro. Na quinta-feira (19) da semana passada a empresa responsável, a APMI, foi alvo de uma operação da Polícia Federal (PF).

A operação, batizada de Metástase, em alusão à corrupção como uma espécie de câncer da sociedade, contou com apoio da Controladoria-Geral da União (CGU) teve coo objetivo a desarticulação de um esquema de fraude em licitações e desvio de recursos públicos destinados à gestão do Hospital Regional de Juazeiro. Na unidade, o contrato é da APMI, mas a gestão é feita pela IBDAH.

A partir de agora a gestão da unidade será feita pelas Obras Sociais Irmã Dulce, anunciou o secretário.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021