A Rússia entregou o primeiro lote das vacinas Sputnik V, contra a Covid-19, para uso civil a um hospital na Zona Sul de Moscou, de acordo com anúncio feito nesta segunda (30) e divulgado pela agência Reuters. O Governo da Bahia já assinou acordo para receber até 50 milhões de doses do imunizante caso seja aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

Segundo o comunicado, a população local começou a ser imunizada na semana passada. A vacina, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya e pelo Fundo Russo de Investimento Direto, tem 95% de eficácia após a segunda dose, conforme anúncio do país na última terça-feira (24). Os resultados não foram publicados em revistas científicas, nem analisados por outros pesquisadores.

Já o Reino Unido deve começar, nos próximos dias, a vacinação da sua população contra a Covid-19. De acordo com o Estadão, o imunizante desenvolvido pela empresa de biotecnologia alemã BioNTech em parceria com a farmacêutica Pfizer deve receber a aprovação da agência regulatória do país.

O governo britânico afirmou que a distribuição da vacina deve começar horas após a sua liberação e as primeiras injeções podem ocorrer já no dia 7 de dezembro. O Reino Unido encomendou 40 milhões de doses do produto - no caso, serão necessárias duas aplicações para garantir a imunização de cada participante. Na segunda-feira, 23, a BioNTech e a Pfizer anunciaram que a sua vacina para o coronavírus apresentou mais de 95% de eficácia na prevenção da doença entre os voluntários.

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021