O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) afirmou nesta sexta-feira (4) que o decreto do governador Rui Costa (PT) proibindo festas de réveillon independente do número de pessoas foi acatado pela gestão municipal.

Neto diz que “não há divergência” com o Estado sobre a decisão, mas criticou a falta de diálogo para discutir o tema. “Foi uma decisão tomada sem conversar com a Prefeitura, mas a gente adere, respeita e acata a decisão”, disse em coletiva à imprensa.

Na análise do prefeito, o poder para regulamentar o assunto é conjunto e, “se um diz não, o não está dado”. Quando a Prefeitura disser não, o governo terá que acatar e respeitar. Da mesma forma, tem que proceder em relação ao governo. O governador se manifestou em relação a isso, essa é uma posição que deve ser respeitada pela Prefeitura e será respeitada pela prefeitura”, garantiu.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021