O prefeito afastado do Rio de Janeiro , Marcelo Crivella (Republicanos), deixou o presídio de Benfica no começo da noite desta quarta-feira, 23, com uma tornozeleira eletrônica, e vai cumprir prisão domiciliar. Ele é suspeito de envolvimento em um esquema de corrupção na prefeitura.

O cumprimento do alvará de soltura foi confirmado pelo Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ). À tarde, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou a sua transferência imediata.

A Justiça determinou ainda o corte de sinal de internet, celulares e telefones fixos na residência de Crivella. As empresas de telefonia fixa e internet responsáveis pelo fornecimento dos serviços ao imóvel de Crivella também serão notificadas para que o sinal seja interrompido, de acordo com o despacho.

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021