A partir do mês de janeiro, a Prefeitura ofertará um programa de assistência integral às gestantes da capital, principalmente às mulheres negras e carentes da cidade. O projeto de lei que institui o Programa Mãe Salvador foi sancionado e publicado no Diário Oficial do Município (DOM) na última quarta-feira, 23.

O 'Mãe Salvador' visa estabelecer um fluxo de assistência que garanta a regularidade dos atendimentos à gestante, assim como o acesso desta aos níveis de atenção que a gravidez necessita. Além disso, permite a realização dos exames complementares necessários para alcançar um cuidado de qualidade à mãe e ao bebê.

Por meio da iniciativa, é definida a unidade de saúde de referência para o parto e o encaminhamento da gestante para este serviço, assim que houver necessidade por motivo de intercorrência ou de trabalho de parto.

“Esse programa irá assegurar a ampliação a ampliação da assistência pré-natal, do parto, bem como da mãe e bebê residentes na cidade por meio da realização de consultas, exames e procedimentos necessários nesse período. Além disso, vai facilitar o acesso da gestante e do recém-nascido à rede pública de saúde, através da oferta de transporte público e gratuito às gestantes cadastradas no SUS para o acesso às consultas de pré-natal, exames, visita de vinculação e puerpério/recém-nascido”, destacou Leo Prates, secretário municipal da Saúde.

O programa garantirá ainda a captação precoce e adesão das gestantes às consultas e exames de pré-natal até a 12ª semana de gestação, assim como vai estimular a vinculação da futura mamãe com a Unidade Básica de Saúde (UBS) responsável pelo pré-natal e a maternidade de referência. Por fim, pretende fortalecer as ações propostas pelo Plano Municipal para Infância e Adolescência (PMIA) e assegurar a qualidade do pré-natal de risco habitual, através da qualificação técnica dos profissionais que atuam na Atenção Primária à Saúde.

A estrutura a ser utilizada na iniciativa envolve 155 UBS com e sem Saúde da Família, sendo que 150 delas ofertam a realização de consulta pré-natal; 147 ofertam a realização de Acompanhamento de Crescimento e Desenvolvimento e a triagem neonatal; e 149 UBS administram penicilina e realizam teste rápido. Também participam da ação duas Unidades de Saúde especializadas, quatro Multicentros, duas Casas de Parto e sete maternidades, além de demais serviços contratualizados pelo Município.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021