Em um esforço para conter o atual avanço do novo coronavírus, governo do Estado e prefeituras apertam o cerco contra festas clandestinas de final de ano.
A Policia Militar já informou que, se necessário, atuará de forma coercitiva para impedir a realização de eventos que promovam aglomerações. Comandante-geral da PM, o Coronel Anselmo Brandão destaca o trabalho de inteligência realizado pela corporação para identificar empreendimentos e pessoas que estejam organizando festas.

Válido até o dia 4 de janeiro, um decreto do governo proíbe shows e festas em toda a Bahia, independentemente da quantidade de pessoas.

"Já fizemos o dimensionamento e, desde o domingo, por orientação do governador do Estado, intensificamos os trabalhos e estamos fazendo uma campanha do despertar na sociedade. Além das ações de enfrentamento ao problema. A cidade está cheia, todo estado, Porto Seguro está lotada, mas o regramento tem que ser seguido. Muitas festas já foram canceladas, mas ainda existem uns insistentes em fazer", afirmou Brandão, ao citar como exemplo uma festa com aproximadamente 700 pessoas encerrada pela PM, na última terça-feira (29), no distrito de Trancoso, em Porto Seguro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021