Os 2 milhões de doses de vacina da Universidade de Oxford/AstraZeneca, desenvolvida em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que chegaram ao Rio de Janeiro na noite dessa sexta-feira (22/1) e depois seguiram em caminhões refrigerados para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz), estão em análise.

Técnicos da Fiocruz farão a checagem da qualidade e segurança do produto, além da rotulagem em português para facilitar a distribuição das vacinas que vieram da Índia.

Esse processo está sendo realizado ao longo da madrugada e da manhã deste sábado (23/1). A previsão é de que as doses das vacinas estejam prontas para distribuição para os estados ainda nesta tarde.

 
 

Nessa sexta-feira, o Brasil recebeu 2 milhões de doses da vacina após o governo indiano ter liberado os imunizantes. A carga deveria ter chegado ao Brasil há cinco dias, mas a Índia afirmou que era cedo para autorizar a exportação.

 

Na noite dessa sexta-feira, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que o Brasil deve dispor de 100 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 ainda no primeiro semestre deste ano.

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021