O Ministério Público do Estado (MP-BA) entrou com uma ação civil contra o secretário municipal de Saúde de Barra do Mendes, no Centro-Norte baiano. A ação contra Carlos Alves de Araújo foi ajuizada na última sexta-feira (29), porque o gestor teria furado a fila da vacinação contra covid-19 na cidade. Segundo o MP, o secretário não pertence ao grupo prioritário da primeira fase de vacinação contra a Covid-19 e, mesmo assim, já foi vacinado contra o novo coronavírus. Na avaliação do promotor de Justiça responsável pela ação, Marco Aurélio Amado, o secretário violou os princípios da impessoalidade, moralidade e eficiência, desrespeitando os protocolos dos Planos Nacional e Estadual de Imunização contra a Covid-19.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021