O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), solicitou a prorrogação do estado de calamidade em saúde pública e determinou que estabelecimentos comerciais que não desempenham atividades essenciais em Fortaleza só poderão funcionar até às 20h durante os próximos 15 dias. A medida vale a partir desta quarta-feira (3). A reabertura será permitida sempre às 6h do dia seguinte.

O petista disse que o aumento de casos confirmados do coronavírus e a suspeita de uma nova variante do vírus no estado foram determinantes para a medida mais drástica. Por isso, ele pretende "evitar atividades lúdicas, festas, aglomerações, evitar que as pessoas se divirtam do ponto de vista noturno" na rua.

De acordo com o Diário do Nordeste, nos fins de semana, estabelecimentos do setor de alimentação, a exemplo de restaurantes e barracas de praia, só poderão funcionar até às 15h. Depois, só em esquema de delivery. Serviços essenciais, como farmácias, não serão afetados.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021