Com praticamente 90% dos leitos destinados ao tratamento intensivo da Covid-19 ocupados na cidade de Feira de Santana, o prefeito Colbert Martins (MDB) diz que, se necessário, novas medidas de restrições de atividades serão aplicadas no município. O gestor atribui o início da vacinação contra a doença e o período de férias a um maior relaxamento das ações de combate ao coronavírus por parte da população. 

Colbert Martins disse que a cidade vive o pior momento desde julho do ano passado, quando registrou os mais altos índices da pandemia.  Nesta segunda-feira (15), do total de 18 leitos de tratamento intenso (UTI) do hospital de campanha do município, estão ocupados 16. 

Até então, 446 pessoas já morreram pela doença. “Estamos com praticamente 90% de ocupação. Os leitos clínicos que são 35 estão com 20 pessoas internadas, coisa que não acontece há mais de sete meses. Então estamos com 36 pessoas internadas e muitas dessas pessoas que vão para leitos clínicos, quando agravam tem que ir para UTI, estamos com um risco muito grande”, disse.

Com receio de esgotar a capacidade de leitos da cidade, o gestor disse que no passo em que os casos vem evoluindo, há possibilidade de se chegar em um nível de falta de capacidade de administrar a situação. 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021