O Ministério da Saúde confirmou a dispensa de licitação para a compra de mais duas vacinas contra a Covid-19, a indiana Covaxin e a russa Sputnik V.  O gasto gira em torno de R$ 2,3 bilhões com a compra dos dois imunizantes e de insumos destinados à vacinação contra a Covid-19. A aplicação destas vacinas, no entanto, ainda não foi autorizada pela Anvisa. 

Enquanto a autorização da Anvisa ainda estiver pendente, mesmo que sejam compradas pelo governo, essas vacinas não poderão ser aplicadas na população.

Até o momento, a Anvisa autorizou o uso emergencial no Brasil de duas vacinas, a CoronaVac, desenvolvida pela China em parceria com o Instituto Butantan, e a da Universidade de Oxford, na Inglaterra.

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021