O ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), foi denunciado nesta quinta-feira (25) pelo Ministério Público Eleitoral de São Paulo pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, associação criminosa e caixa 2 eleitoral.

Segundo a denúncia, Kassab recebeu, entre janeiro de 2014 e dezembro de 2016, quantia superior a R$16 milhões indevidamente do frigorífico JBS em razão de sua função de ministro, "antes e depois de assumi-la".

De acordo com a denúncia, o repasse era feito mediante contrato fictício entre a JBS e a empresa Yapê Assessoria e Consultoria LTDA, controlada pelo ex-ministro até 2014 e envolviam Flávio Castelli Chueri e Renato Kassab.

Kassab foi alvo de investigação na esfera eleitoral por suspeita de envolver caixa dois. O inquérito faz parte das acusações feitas pelos delatores da J&F.

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021