A pneumologista Margareth Dalcolmo, da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) no Rio de Janeiro, disse que a pandemia do novo coronavírus chegará neste mês ao seu pior momento no Brasil.

‘Teremos o março mais triste de nossas vidas”, afirmou a professora e pesquisadora em entrevista à BBC News Brasil.

“Nós estamos num momento muito grave da pandemia no Brasil, com um recrudescimento já materializado daquilo que consideramos uma segunda onda. Isso não nos surpreende, uma vez que as medidas de controle sanitário não foram só controversas, mas também ineficientes por um longo tempo. Nós sabemos também que a única solução possível para controlar a pandemia será a vacinação, e a campanha está apenas no início, numa velocidade muito aquém do desejável”, acrescentou a especialista.

Na reportagem, a BBC destaca que que em vários municípios brasileiros, leitos de enfermaria e UTI estão lotados de pacientes com a doença, enquanto os doentes não param de chegar.

De acordo com dados das secretarias estaduais de saúde, 17 estados têm ocupação em hospitais acima de 80%, um nível considerado crítico.

Outros oitos estados têm taxas que superam os 90% — no Rio Grande do Sul, por exemplo, o número chegou a 100%.

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021