Na cidade de Mundo Novo, região da Chapada Diamantina. Dias após à morte brutal da doméstica Jenilde de Jesus Pinheiro, 24, parentes tiveram a mesma dor com o assassinato da lavradora Rosineide Luiz da Silva, 25. Os casos aconteceram em janeiro deste ano e dão continuidade a um dado alarmante: em 2020, a Bahia liderou em número de homicídios contra mulheres. 

Segundo os dados da Rede de Observatórios de Segurança, que serão divulgados nesta quinta-feira (4), foram registrados 111 casos de assassinatos do sexo feminino na Bahia – isso não inclui os feminicídios. O número supera os dados de outros estados que fazem parte da Rede, que é uma iniciativa de instituições acadêmicas e da sociedade civil dedicada a acompanhar políticas públicas de segurança e a criminalidade em seus estados – além da Bahia, Ceará (91), Pernambuco (62), Rio de Janeiro (34) e São Paulo (dado não informado) fazem parte do levantamento.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021