O governador Rui Costa reafirmou nesta segunda-feira (8) que entrou com ações no Supremo Tribunal Federal (STF) para agilizar o processo de compra e aplicação dos imunizantes contra a Covid-19 na Bahia. Segundo Rui, fechando o contrato com o laboratório russo da Sputnik-V, a expectativa é receber, ainda em março, um lote da vacina.

“A Procuradoria-Geral do Estado já negociou os termos com a assessoria jurídica do laboratório russo e nós, inclusive, temos expectativa, fechando o contrato essa semana, de receber um lote da vacina ainda em março. Não dá para ficar apenas com duas vacinas no Brasil. Isso é muito pouco. Até porque o Ministério da Saúde tem reduzido a cada dia que passa a expectativa de vacinas e alonga o prazo de chegada de vacinas. Imunizando a população mais idosa, nós vamos reduzir a taxa de ocupação de leitos e isso cria, eu diria, uma segurança, uma dignidade para as pessoa que precisarem de atendimento. A doença pode até está circulando, mas a gente vai tá com o sistema de saúde capaz de atender as demandas. E aí é só alongar a vacinação e vacinar o nosso povo”, disse Rui.

O governador disse ainda que a pretensão é alcançar o público com idade acima de 60 anos, pois esta faixa etária é a que mais demanda leito.

“Nós temos 77% dos leitos de UTI na Bahia ocupados com pessoas acima de 60 anos. Então, se nós conseguirmos imunizar essas pessoas, nós reduziremos drasticamente o percentual de ocupação de UTI. É por isso que nós estamos ansiosos e buscando todos os recursos possíveis para adquirir a vacina. Entramos com três ações diferentes no STF e a nossa ansiedade, expectativa, é que tenhamos uma resposta positiva essa semana para que a gente efetive o contrato”, completou.

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021