O governo da Bahia publicou um decreto que cria um programa de apoio às universidades públicas para revalidação de diplomas de graduação em Medicina expedidos por instituições estrangeiras de ensino superior.

Segundo o decreto, o programa foi criado com o objetivo de expandir o atendimento médico em meio à pandemia da Covid-19, "com especial atenção ao fenômeno conhecido como 'terceira onda'".
A adesão ao programa é facultativa às universidades e poderá ser feita em qualquer momento, enquanto o decreto durar.

As universidades que aderirem ao programa adotarão um procedimento interno de revalidação, de acordo com a legislação vigente. O decreto ainda estabelece que os procedimentos internos de revalidação deverão contar com programa de adaptação formativa que permita a integração teórico-prática e atenda aos seguintes parâmetros:

As instituições que se cadastrarem no programa receberão apoio da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), com pagamento de bolsas.

Ainda segundo o texto, as despesas necessárias à implantação do programa serão pagas com recursos da dotação orçamentária da Secretaria de Educação (SEC) e da Sesab.

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021