O apresentador Milton Neves, dos maiores nomes do jornalismo esportivo, levou um golpe de um funcionário que resultou em um prejuízo de mais de R$ 2,5 milhões.

Um ex-funcionário que teria criado um CNPJ para desviar dinheiro e fazer pagamentos indevidos de notas frias, cheques com assinatura falsa e saques não autorizados.

O valor de R$ 2,5 milhões pode ainda ser cinco vezes maior, pois há indícios de saques indevidos e pagamentos com cheques cujas assinaturas não batem com a verdadeira.

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021