Portugal decidiu prorrogar a medida que proíbe a entrada de passageiros saídos do Brasil e do Reino Unido. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (15) e é válida até o dia 31 de março como medida para evitar a propagação do novo coronavírus. Segundo o Ministério da Administração Interna do país, são permitidos voos humanitários e de repatriamento.

No início deste mês, Portugal determinou que passageiros de voos indiretos do Brasil ou do Reino Unido terão que ficar em quarentena por 14 dias após chegar ao país. Além disso, eles precisarão apresentar um teste negativo para o novo coronavírus realizado 72 horas antes do embarque.

Desde janeiro deste ano, Portugal proibiu a chegada de voos comerciais ou privados diretos, tanto saindo do Brasil e do Reino Unido, quanto com destino a esses países. Apesar de autorizados os voos humanitários e de repatriação diretos, as medidas como apresentação do teste negativo e quarentena de 14 dias são exigidas.

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021