O Brasil somou, em uma semana, 25% das mortes por Covid-19 no mundo no período entre 15 e 21 de março, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), que apontam que, no total, 60,2 mil pessoas foram vítimas da doença no planeta nesse período. 15,6 mil delas apenas no Brasil, país que representa apenas 2,7% da população mundial.

De acordo com o portal UOL, os dados também revelam que, num período de uma semana, o número de óbitos no Brasil foi duas vezes superior ao que foi registrado pelo segundo colocado no ranking, os Estados Unidos, que, apesar de contar com uma ampla vacinação e medidas de distanciamento social, os americanos somaram 7,5 mil mortes na semana.

Ainda conforme a publicação, sozinho, o Brasil representa metade das mortes no continente americano e se aproxima do total registrado na Europa, com 20 mil mortos em uma semana. O continente europeu, porém, tem uma população de 764 milhões de pessoas, mais de três vezes o total brasileiro.

No ranking geral, o Brasil ocupa a segunda colocação entre os países que mais registraram mortes desde o começo da pandemia do coronavírus, com mais de 290 mil, contra 536 mil nos EUA.

Alvo de exame
Devido ao cenário de crise no páis, o Brasil virou alvo de exame por parte de peritos internacionais, formado por um grupo criado pela OMS para avaliar como cada um dos governos reagiu à pandemia. 28 países já foram escolhidos para serem avaliados para tentar entender o que funcionou e o que fracassou.

Ainda conforme o UOL, o Brasil, foi um dos selecionados para ser examinado e o Ministério da Saúde foi obrigado a submeter informações aos peritos. A avaliação é confidencial e o processo apenas será concluído em maio.

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021