Mesmo após a reabertura do comércio em Salvador nas cidades do interior nesta segunda-feira, o secretário de Saúde Fábio Vilas-Boas alertou para a possibilidade de ‘voltar atrás’, e impor novamente medidas restritivas caso haja aumento substancial de casos de Covid-19.

“Nós estamos com uma taxa de ocupação e um número de pessoas precisando de internação ainda elevado. Qualquer sinal que aponte para uma piora constante e sustentada nessa taxa de internação, teremos que voltar atrás. O risco é o desgaste do ‘abre e fecha’ e a população vai deixando cada vez mais deixando de aderir a essas medidas. Mas a decisão tá tomada, vamos adequar essas medidas à nossa realidade. A pressão é muito grande da sociedade para que se flexibilize e nós da área de saúde dar o suporte para que a vida possa continuar”, disse o secretário.

A taxa de ocupação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na Bahia, por volta das 12h de hoje, era de 81%. Na capital, a retomada será feira de forma escalonada, porém as praias, escolas, faculdades, os centros culturais, museus, galerias de arte, clubes sociais, recreativos e esportivos; espaços de eventos sociais (casamento, aniversário, bodas, formatura); espaços de eventos infantis; parques de diversão e temáticos; centros de convenções e parques continuam fechados.

 

 

 

Redes Sociais


Fale Conosco

Preencha os campos abaixo, e assim que possível entraremos em contato
Enviando...
Mariani 24h © Copyright 2021